Virtual Guia

Olá! Seja bem-vindo. Hoje é sábado, 21/07/2018 08:52:35.

Ainda não é usuário? Cadastre-se. É Grátis! | Efetuar login

Categorias

Notícias

07/06/2010 Prefeitura fecha quadrimestre com superávit de mais de R$ 15 milhões

Um balanço positivo de contas foi apresentado pela administração de Itapeva durante a audiência pública realizada segunda-feira, 31 de maio, na Câmara Municipal. O secretário municipal de Administração e Finanças de Itapeva Adelço Bührer Júnior informou que no primeiro quadrimestre de 2010, a Prefeitura registrou um superávit de R$ 15.148.184,00.

De acordo com as planilhas apresentadas pelo secretário, o total das receitas fiscais para o exercício de 2010, conforme consta da Lei Orçamentária Anual é de R$ 136.463.972,00 e das despesas R$ 133.743.260,00. No primeiro quadrimestre a receita ficou em R$ 52.945.491,00 e a despesa R$ 37.797.307,00, sendo o resultado primário na ordem de R$ 15.148.184,00.

A gestão de eficiência do prefeito Luiz Cavani e seu secretariado, onde a meta é produzir melhor, com menos custo, é na opinião de Adelço Júnior, a principal razão pelos bons números apresentados. “Desde o início dessa gestão, buscamos controlar os gastos, sem que com isso sejam comprometidos os serviços prestados e o desenvolvimento do município”, explica.

Com essa forma de gestão, foi possível solucionar problemas graves que antes faziam parte da administração pública, como o atraso no pagamento dos servidores, multas e seqüestros de bens por conta de dívidas com precatórios e falta de pagamentos de fornecedores. “Estamos há seis anos sem atraso em pagamentos. Além disso, conseguimos resolver os problemas com precatórios. Vivemos um momento positivo como nunca antes vivido na administração pública de Itapeva”, salienta.

Os demonstrativos dos resultados primário (resultado da receita de 01 de janeiro de 2010 a 30 de abril deste ano) e nominal (diferença entre a posição que fechou o exercício de 31/12/2010 e a posição em 30/04/2010) também foram positivos.

Ainda de acordo com Adelço Bührer, essa preocupação em estabilizar as contas da administração pública faz parte do plano de metas da atual gestão, que visa garantir aos futuros administradores segurança e condições para que os projetos e trabalhos iniciados tenham continuidade nos próximos mandatos.

Audiência - A audiência é realizada três vezes por ano pela Comissão de Economia da Câmara Municipal. As audiências acontecem nos meses de fevereiro, maio e setembro. A comissão é presidida pelo vereador Marmo Fogaça e tem como vice-presidente Júnior Guari e secretário Wilson Roberto Margarido.


Fotos

Comentários

Deixe seu comentário:

É preciso fazer login para escrever um comentário. Identifique-se e comente.