Virtual Guia

Olá! Seja bem-vindo. Hoje é quarta-feira, 21/11/2018 18:21:49.

Ainda não é usuário? Cadastre-se. É Grátis! | Efetuar login

Categorias

Notícias

16/07/2013 Prefeitura altera critérios para a distribuição de cestas emergenciais em Itapeva

Por: – Assessoria de Comunicação da Prefeitura de Itapeva-SP

A Prefeitura de Itapeva, por meio da Secretária Municipal de Ação Social, adotou novos procedimentos para a distribuição de cestas emergenciais às famílias em situação de extrema pobreza no município.
De acordo com secretária municipal de Ação Social, Elizabeth do Rocio Minaif Santos, em maio deste ano a Secretaria montou um novo cadastro e adotou novos procedimentos para garantir uma distribuição justa das cestas às famílias. “A equipe de assistentes sociais passou a utilizar dados do Programa Bolsa Família para traçar o perfil socioeconômico das famílias cadastradas. Antes dessas mudanças, as famílias preenchiam apenas um cadastro sem a exigência de qualquer documentação”, afirmou a secretária.
Com a adoção dos novos critérios, os beneficiários precisam comprovar a frequência escolar dos filhos para ter acesso ao benefício, além de ter que apresentar o cartão de vacinação dos filhos menores de seis anos de idade, que deve estar em dia. Sem esses documentos, a família perde o direito de receber o auxílio. Após a efetivação do cadastro, a família receberá o beneficio durante seis meses fixos.
Para ter direito ao auxílio, a família deve possuir renda per capita de até R$ 70,00 (setenta reais) incluindo rendimentos concedidos por programas de transferência de renda, a exemplo do programa Bolsa Família e Renda Cidadã. Portadores de necessidades especiais incapacitados para o trabalho, gestantes e idosos sem nenhum tipo de benefício também podem se cadastrar.
Durante os seis meses, uma equipe técnica fará o acompanhamento de cada um dos casos para avaliar a situação socioeconômica do núcleo familiar e identificar a presença de outras necessidades básicas atuando para propor alternativas socioeconômicas para promover o desenvolvimento e a emancipação familiar.
“É importante salientar que a Secretaria de Ação Social fornece cerca de 250 cestas básicas todos os meses para atender a necessidade temporária das famílias em situação de vulnerabilidade social. Ao deixar essa situação e obtendo renda suficiente para comprar seu alimento, o beneficio será direcionado a outra família”, afirmou a secretária de Ação Social.


Fotos

Comentários

Deixe seu comentário:

É preciso fazer login para escrever um comentário. Identifique-se e comente.