Virtual Guia

Olá! Seja bem-vindo. Hoje é quarta-feira, 21/11/2018 18:24:18.

Ainda não é usuário? Cadastre-se. É Grátis! | Efetuar login

Categorias

Notícias

17/09/2013 Esclarecimento sobre o conjunto semafórico instalado nas esquinas da Rua São Pedro com a Rua Dr. José L. de Melo.


O conjunto semafórico foi instalado atendendo indicação dos vereadores Lúcio Mariano e José Donizete Camargo com a intenção de regularizar o trânsito no local. O conjunto semafórico ainda não está em operação, pois se encontra em fase final de instalação.

Para viabilizar a instalação do conjunto semafórico, o DEMUTRAN realizou um estudo técnico em parceria com a Transita, empresa de Itapeva especializada em trânsito urbano, que elaborou o projeto para operação e funcionamento do conjunto semafórico de acordo com a legislação vigente, cujo estudo e projeto encontram-se no DEMUTRAN.

A empresa Transita é responsável pela instalação de vários conjuntos semafóricos, sem grupos focais para pedestres, em Itapeva nas proximidades de escolas, citando como exemplo os conjuntos semafóricos instalados na esquina das Ruas Benjamin Constant e Alameda Toledo Ribas, próximo à Santa Casa e Escola Estadual Otávio Ferrari e no cruzamento entre as ruas Itaberá, Capão Bonito e Itaí, próximo à Escola Estadual professora Zulmira de Oliveira.

Os conjuntos semafóricos citados são semelhantes ao que está em fase de instalação em nossa cidade e funcionam perfeitamente sem oferecer risco algum para os alunos e pedestres que transitam por esses locais.
O estudo técnico realizado pela Transita concluiu que o fluxo de pedestres e veículos nas esquinas da Rua São Pedro e Dr. José L. de Mello é inferior aos locais onde se encontram instalados os semáforos já existentes, concluindo também que se forem instalados os grupos focais para pedestres, teria que ser programada a quinta fase, aumentando demasiadamente o tempo em que os veículos ficariam parados no sinal vermelho.

O conjunto semafórico foi programado para quatro fases, ou seja, quando uma fase está aberta (sinal verde), as três restantes estarão fechadas (sinal vermelho). O tempo médio de abertura do sinal verde foi programado para que os veículos parados na retenção passem pelo sinal verde liberando tempo suficiente para a travessia de pedestres pelas faixas exclusivas, lembrando que de acordo com a legislação em vigor, os pedestres terão sempre a preferência.

Está programado um teste prático assim que o conjunto semafórico esteja finalizado, o teste será acompanhado pela Polícia Militar, por um representante da Transita e por representantes do COMUTRAN.
Após o teste prático, será feita uma análise pelo COMUTRAN, que opinará sobre a necessidade ou não da instalação dos grupos focais para pedestres.

Antes da operação em definitivo do conjunto semafórico, será feita uma campanha de conscientização à população sobre o funcionamento do semáforo, bem como colocação de placas e faixas orientando os pedestres e condutores de veículos em geral.


Fotos

Comentários

Deixe seu comentário:

É preciso fazer login para escrever um comentário. Identifique-se e comente.