Virtual Guia

Olá! Seja bem-vindo. Hoje é terça-feira, 21/05/2019 16:31:46.

Ainda não é usuário? Cadastre-se. É Grátis! | Efetuar login

Categorias

Notícias

13/09/2010 Documentário sobre a Ferrovia do Contestado será gravado em Itararé.


Cem anos de uma história que se passa em quatro estados do país, contados em apenas vinte minutos: Esse é desafio da nova produção cinematográfica dos documentaristas Vilmar Miguel Sartori e Ernoy Mattiello. Das histórias contadas pelo avô durante a infância, aos estudos acadêmicos da São Paulo - Rio Grande, a Ferrovia do Contestado: Mistérios que serão desvendados em Memorável Trem de Ferro.

O filme do gênero documentário promete uma verdadeira viagem pelo mundo à vapor, relembrando uma época que o país seguia o caminho dos trilhos de ferro, em que o trem era o principal meio de transporte. Cenário de saudades e lembranças misturadas a modernidade; a história de uma das principais ferrovias do mundo promete sair dos livros e do imaginário popular para ganhar a grande tela.

A principal finalidade da obra é resgatar a história de um dos mais audaciosos empreendimentos da construção ferroviária mundial. Inaugurada em Outubro de 1910, pela Brazil Railway Company, empresa do conglomerado Farquhar, a ferrovia que motivou a Guerra do Contestado e consequente povoamento da região, completa cem anos de em 2010.

Para contar essa história a equipe de produção vai percorrer três mil quilômetros de estrada em 20 dias de intenso trabalho em locações. São regiões como: Itararé (SP), União da Vitória (PR), Caçador (SC), além das cidades de Passo Fundo, Santa Maria e Montenegro (RS). Contudo o epicentro das gravações se concentrará entre as cidades de Piratuba (SC) e Marcelino Ramos (RS). É nesse pequeno trajeto de 28 quilômetros onde o Trem das Termas é atração turística, que a audaciosa produção deve captar as principais cenas que darão vida ao filme.

Uma construção cinematográfica feita a partir de imagens épicas inéditas, personagens populares, além de entrevistas dos principais estudiosos do assunto. Pesquisadores como Delmir José Valentini da UFSC (Universidade Federal de Santa Catarina), Adelar Heinsfeld da UPF (Universidade de Passo Fundo) Milton Amador da UnC (Universidade do Contestado), além do folclorista Vicente Telles, são a base do trabalho.


O autor, Ernoy Mattiello é formado em jornalismo, começou a carreira no rádio aos 14 anos de idade. Em 2.000 passou a atuar como repórter televisivo e documentarista. Neto de gaúchos, que chegaram de trem em 1935 para colonizar Santa Catarina, o cineasta tem como uma das grandes paixões a pesquisa histórica e a produção documental da cultura regional. Produtor de 14 obras ente institucionais e documentários, ganhou destaque com Heimatland e a História do Kerb (2009), exibido nacionalmente e também na América Latina. Como correspondente da Rede Record no ES, já esteve várias vezes em rede nacional, mas segundo ele “nada se compara a emoção de poder mostrar a tradição e os costumes nossa gente em um documentário”, garante o cineasta.


Para assegurar o máximo de eficiência na captação das cenas, o filme será rodado em uma câmera FULL HD JVC GY-HD250, cuja capacidade resolutiva se equipara aos padrões da película digital em imagens de alta definição.

Outro detalhe importante da produção garante o diretor, diz respeito à trilha sonora, concebida especialmente para a obra. A música tema se apropria da simplicidade da alma cabocla, usando-se do som harmônico da sanfona e do violão. Uma perfeita combinação acústica, encontrada na suave melodia introduzida na letra pela dupla Victor & Hugo. Os irmãos, conhecidos como revelação do sertanejo universitário no interior goiano são naturais de Piratuba, SC.

As locações começam no domingo, dia 12 de Setembro em Caçador, SC. Na segunda-feira, dia 13, a equipe grava no início da tarde em Itararé, SP. É no interior paulista, ponto de partida da Ferrovia São Paulo Rio Grande, que os produtores devem se reunir com o Diretor de Cultura de Itararé, Ademil Vagner além do Diretor da Fundação Fafit, Clóvis Negrão e jornalistas regionais.

A produção, prevista para ser lançada em Dezembro deste ano, tem como principais patrocinadores a Prefeitura de Piratuba - SC, Secretaria de Turismo de Piratuba – SC, ABPF – Associação Brasileira de Preservação as Ferrovias, além de empresas privadas.


Evento: Coletiva de Imprensa para apresentação do Projeto Memorável Trem de Ferro – Film

Data: 14 de Setembro (terça- feira)

Horário: 09:00

Local: FAFIT – Faculdades Integradas de Itararé

Rua João Batista Veiga, 1725 – Jardim Regina – Itararé – SP


Mais informações:

Ernoy Luiz Mattiello – Diretor Geral

(49) 9925 92 25

ernoy4@hotmail.com

Cleide Fátima - Diretora de Marketing e Comunicação

(11) 8649 70 00

cleidematielo@hotmail.com


Reportagem: Cleide Fátima – Especial São Paulo – SP
Fotos: Sandro Azevedo


Fotos

Comentários

Deixe seu comentário:

É preciso fazer login para escrever um comentário. Identifique-se e comente.