Virtual Guia

Olá! Seja bem-vindo. Hoje é sexta-feira, 20/10/2017 17:45:33.

Ainda não é usuário? Cadastre-se. É Grátis! | Efetuar login

Categorias

Notícias

28/09/2017 Cuidado peculiar melhora aprendizado de estudantes surdos do município de Itararé (SP)

Reynaldo Caiut de Campos, 9 anos, é atendido pelo município desde os quatro anos
Reynaldo Caiut de Campos, 9 anos, é atendido pelo município desde os quatro anos

Nesta terça-feira (26), o Brasil celebra o Dia Nacional dos Surdos. O principal objetivo da data é desenvolver a reflexão sobre os direitos e inclusão das pessoas com deficiência auditiva na sociedade.

Em Itararé (SP), os estudantes da Rede Municipal de Ensino diagnosticados com algum tipo de surdez recebem atendimento individualizado através do Centro de Atendimento Educacional Especializado de Itararé (CAEEI) e trabalhos diferenciados nas escolas. A ação, segundo a secretária municipal de Educação, Ana Maria Oliveira tem modificado e garantido melhor qualidade de vida aos alunos, além de um aprendizado mais eficiente.

Conforme a mãe de Reynaldo Caiut de Campos, 9 anos, deficiente auditivo profundo, Márcia Caiut o atendimento prestado no Centro mudou a vida do filho. “Ele frequenta o local desde os quatro anos. A frequência e o atendimento ajudaram muito no desenvolvimento dele”, salienta.

No ensino regular, Reynaldo tem acompanhamento de uma estagiária em pedagogia e intérprete de Libras. Aluno do 3º ano da Escola Municipal Maria da Silveira Vasconcelos, o educando participa de todos os projetos e atividades da escola. Ainda, segundo a coordenadora pedagógica, Gercilene Galiano, no contra turno, frequenta a sala de recurso multifuncional, onde a profissional responsável trabalha com ele a defasagem de forma individualizada. “O objetivo do trabalho com ele, assim como com os demais, é promover uma vida independente”, detalha.

Atualmente, o CAEEI atende seis educandos públicos alvo da educação especial, sendo cinco com surdez severa e um com surdez profunda. Conforme a Assistente Técnico Pedagógica de Educação Especial, Adriana dos Santos, os estudante são atendidos semanalmente com Fonoaudióloga, Psicóloga e Psicopedagoga e também são acompanhados pela Neuropediatra.

Saiba mais - A data foi oficializada através do decreto de lei nº 11.796, de 29 de outubro de 2008. A escolha do dia 26 de setembro é uma homenagem a criação da primeira Escola de Surdos do Brasil, em 1857, na cidade do Rio de Janeiro, que atualmente é conhecida como Instituto Nacional de Educação de Surdos (INES).

Uma das principais conquistas dos surdos aos longos dos anos foi o reconhecimento nacional da LIBRAS (Língua Brasileira de Sinais), através da lei nº 10.436, de 24 de abril de 2002 e do Decreto nº 5.626/2005.

Atualmente, estima-se que existam aproximadamente 45 milhões de brasileiros com algum grau de deficiência auditiva.

A luta das pessoas com surdez também é relembrada todos os anos em 30 de setembro, quando se celebra o Dia Internacional do Surdo.


Fotos

Reynaldo Caiut de Campos, 9 anos, é atendido pelo município desde os quatro anos

Comentários

Deixe seu comentário:

É preciso fazer login para escrever um comentário. Identifique-se e comente.