Virtual Guia

Olá! Seja bem-vindo. Hoje é sábado, 18/08/2018 06:59:14.

Ainda não é usuário? Cadastre-se. É Grátis! | Efetuar login

Categorias

Notícias

20/04/2013 A prefeita Cristina Ghizzi é cobrada publicamente por seu colega petista, vereador Willer


A prefeita Cristina Ghizzi é cobrada publicamente por seu colega petista, vereador Willer
Sou vereador da cidade de Itararé! Não aceito uma situação imoral como essa dentro da Prefeitura


O vereador Willer Costa Mendes usou a tribuna da Casa de Leis de Itararé, na segunda-feira (15), para cobrar sua colega petista, a prefeita Cristina Ghizzi.
A cobrança pública se deu por conta de a prefeita ter admitido em seu quadro de funcionários Heron Conrado Carmo Ferreira, que recentemente foi denunciado pelo jornal Folha do Vale como sendo um funcionário fantasma.
Segundo o Folha, Heron não poderia fazer parte do quadro de funcionários da Prefeitura de Itararé, ganhando, inclusive, gratificação, por já trabalhar em empresa privada, em cargo de dedicação exclusiva e com carga horária de 40 horas semanais.
Em entrevista ao jornal Tribuna, Willer disse não admitir essa situação na Prefeitura. “Não posso aceitar isso. Temos que ter credibilidade, moralidade administrativa, que é o que eu preguei durante anos. Na administração de Perucio foram feitas várias ações contra ele devido o cidadão não andar na linha. Agora, não posso admitir que a minha companheira, que esteve durante anos ao meu lado combatendo os desmandos do ex-prefeito, manter um funcionário na Prefeitura que não trabalha, que ganha o dinheiro do povo dessa forma. A Cristina tem que mandar embora esse funcionário”, cobra o vereador.
Willer disse ainda que respeita demais a prefeita e o Partido dos Trabalhadores, mas que não vai comungar com as coisas erradas que estão acontecendo na administração da petista. “Respeito muito minha colega de bancada, respeito o PT, só não aceito a presença daquele funcionário na Prefeitura, porque não acho certo isso, é imoral. Conversei com a Cristina sobre esse funcionário, mas ela não me escutou, me ignorou, e eu não vou me calar, ser conivente com uma situação como essa. E digo mais: estou sabendo que tem mais funcionários lá dentro nessa situação”, finalizou Willer.


Fotos

Comentários

Deixe seu comentário:

É preciso fazer login para escrever um comentário. Identifique-se e comente.